sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Cataratas terão recorde de visitantes este ano

O Parque já registrou a maior visitação dos últimos 30 anos

Neste mês de dezembro o Parque Nacional do Iguaçu, em média cinco mil pessoas por dia. Moradores da região tem desconto nos ingressos pra o parque que fica aberto das 09hs às 17hs.

Assista aqui


Por: Bom Dia Paraná - RPC TV

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu recebe prêmio inglês‏




As Cataratas do Iguaçu principal atrativo turístico do Parque Nacional do Iguaçu foram escolhidas como “Favorite Overseas Attraction in 2010 (Atração Favorita no Exterior em 2010)” em votação feita pelos leitores dos tablóides ingleses The Guardian e Observer.

O prêmio foi repassado pelos organizadores no dia 9 de outubro ao diretor do EBT- Escritório Brasileiro de Turismo da Embratur em Londres, Chris Fuzinatto. Mais tarde o diretor repassou à Secretaria de Turismo de Foz do Iguaçu e finalmente no dia 20 de outubro foi entregue ao chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro, pelo prefeito municipal Paulo MacDonald Ghisi.

"Nos honra muito guardar o prêmio que as Cataratas conquistaram pela segunda vez", afirmou Jorge Pegoraro. Ele destacou que o Parque já ultrapassou o recorde de 2008, quando um milhão e 154 mil pessoas passaram pela Unidade de Conservação. Para este ano a expectativa é que o número salte para um milhão e 250 mil visitantes.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Feliz Natal e Próspero Ano Novo!


Natal, Época em que estamos tão sensíveis e alegres...
...que contagiamos a todos, e que podemos refletir sobre nossos verdadeiros amigos.
Fazemos um balanço de nossas vidas, somamos todas as alegrias, e subtraímos as tristezas.

Que o seu Natal, seja repleto de alegria e paz, sinceramente é o que eu desejo.

Dentro de alguns dias, um Ano Novo vai chegar a esta estação.
É hora de refazer seus sonhos ainda não realizados
e acreditar que irá concretizá-los.
Aprender com os erros do ano já ido e brindar o ano bem vindo com um sorriso.
Correr ao encontro daquele amor ainda não perdido
ou surpreender mais uma vez o amor já conquistado.

Que nesse ano Deus nos ensine a Paz,
e que estejamos todos prontos para ouvir,
Que os nossos erros não sejam o nosso fardo,
Mas a experiência para decisões melhores,
“Que nesse ano sejamos, Todos, Muito Felizes!”

Desejo a você um ano repleto de luz, amor, saúde e prosperidade.
Feliz Ano Novo!


São os sinceros votos de Jorge Luiz Pegoraro e Família


segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu bate recorde de visitação

Até agora foram mais de 1,15 milhão de visitantes neste ano

Veja aqui


Desde 1980, o Parque Nacional do Iguaçu nunca tinah recebido tantos visitantes. Até agora foram 1. 155.000 visitantes. E a expectativa é que este número aumente e chegue aos 1.250.000 visitantes. A boa fase do setor de turismo da região, os feriados prolongados e o tempo bom ajudaram muito este ano.


Por: RPCTV

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu recebe 123 mil visitantes em novembro

O Parque Nacional do Iguaçu recebeu 123.608 visitantes no mês de novembro. A alta foi de 7,8% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado do ano (janeiro a novembro) a Unidade de Conservação onde estão situadas as Cataratas do Iguaçu, recebeu 1.137.923 visitantes. O aumento no período foi de 19,8% na comparação com 2009.

Os dados indicam que 53,7% da visitação foram feitas por brasileiros. Desse total 5,5% são originários do passe Comunidade, benefício que concede desconto na bilheteria para moradores de 14 municípios vizinhos à unidade. Outros países do Mercosul (Argentina, Paraguai e Uruguai), somam 16,8% e demais países estrangeiros completam os dados com 29,5% do total.

(Parque Nacional do Iguaçu)

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Parque participa de seminário sobre patrimônios do Mercosul

O Parque Nacional do Iguaçu participa do Seminário Gestão do Patrimônio no Mercosul que será realizado entre os dias 22 a 27de novebro, no Palácio Gustavo Capanema, no Rio de Janeiro. A Unidade de Conservação foi a primeira no Brasil a receber o status de Patrimônio Natural da Humanidade, título concedido em 1986, pela Unesco, órgão das Nações Unidas para a cultura e meio ambiente.

O chefe da unidade, Jorge Pegoraro apresentará no segundo dia do seminário, palestra sobre o Iguaçu no painel coordenado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) que abordará a gestão de sítios naturais, incluindo também palestras sobre as Ilhas Galápagos (Equador), Ilhas de Fernando de Noronha (Brasil) E Paisagem Cultural – Paraty (Brasil).

A promoção do seminário é do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Agência Brasileira de Cooperação(ABC), do Ministério das Relações Exteriores.

O Centro Lúcio Costa é fruto do Acordo entre o Brasil e a Unesco, assinado em julho deste ano. O seminário é a primeira atividade realizada pelo Centro e tem como objetivo promover o aprimoramento da gestão do patrimônio a partir do intercâmbio de experiências de ações de fomento à preservação, educação, pesquisa e comunicação.

(Parque Nacional do Iguaçu)

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Boletim ICMBio em Foco nº 123‏

Parcerias reforçam proteção do Parque Nacional do Iguaçu





A parceria entre o governo do Paraná e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade tem sido fundamental para fortalecer as ações de proteção do Parque Nacional do Iguaçu e, principalmente, das áreas localizadas no entorno. O parque possui 185 mil hectares de mata preservada e abrange 16 municípios paranaenses.

A parceria entre o governo do Paraná e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) tem sido fundamental para fortalecer as ações de proteção do Parque Nacional do Iguaçu e, principalmente, das áreas localizadas no entorno. O parque possui 185 mil hectares de mata preservada e abrange 16 municípios paranaenses.

O secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Jorge Augusto Callado Afonso, reuniu-se nesta quinta-feira (18), em Foz do Iguaçu, com o gerente do Parque Nacional, Jorge Luiz Pergorara e visitou a sede da 4ª Companhia de Polícia Ambiental/ Força Verde instalada nas mediações.

O presidente do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Volnei Bisognin, e o presidente do Instituto das Águas do Paraná, João Leach Samek, também participaram da visita. O IAP, ICMBio e Força Verde da PM promovem ações de fiscalização ambiental no entorno do Parque e atuam juntos no monitoramento e licenciamento de empreendimentos que possam causar qualquer tipo de dano aos recursos naturais da região.

“A nossa gestão é conjunta e o trabalho realizado no Parque consolida a visão do Governo do Estado de que os projetos de sustentabilidade não funcionam sem boas parcerias”, declarou o secretário.

QUALIDADE DA ÁGUA – Uma das iniciativas apresentadas foi o projeto de análise da qualidade ambiental das águas dos rios localizados no Parque Nacional, denominado ‘Aqua Iguaçu’.

Dentro do parque, passam 80 quilômetros do rio Iguaçu e outros 20 quilômetros de rios afluentes como os rios Floriano, Silva Jardim e Índio. “O Instituto Chico Mendes realiza um trabalho que complementa o trabalho do IAP e do Instituto das Águas e também serve como comparativo para tomada de decisões”, destacou o secretário Jorge Callado.

Implantado em 2005, o laboratório de monitoramento da qualidade da água funciona nas dependências da Escola de Educação Ambiental do Parque (Escola Parque).O programa faz o levantamento da flora do rio Iguaçu e rio São João, monitorando mensalmente a qualidade da água no interior do Parque e fora do limite da Unidade de Conservação. Entre os parâmetros avaliados estão índices de PH, materiais sedimentáveis (poluição), fosfato, nitrato, temperatura e oxigênio.

“São rios que partem da BR-277, cortam os municípios e desembocam na Foz do Iguaçu e nas Cataratas. Então, é importante esta interação para ações efetivas de educação ambiental em todo o Paraná”, afirmou Jorge Pergoraro. Ele explica que os resultados do monitoramento comprovam que a água que chega ao Parque, em grande parte, vem poluída pelas cidades.

“O Parque faz uma depuração da água no trecho em que ela corta a Unidade de Conservação, mas vale lembrar que a participação da população é fundamental para que as águas entrem na área do Parque com uma qualidade melhor”, destaca Jorge Pergoraro.

FISCALIZAÇÃO – A Força Verde atua diariamente no combate aos crimes ambientais no Parque Nacional e entorno. São 35 policiais que integram a 4ª Companhia de Polícia Ambiental - localizada no interior do Parque.

Entre as principais infrações estão a caça ilegal, o corte de palmito, extração de areia e argila, invasões de Áreas de Preservação Permanente (APP) e, principalmente, a pesca predatória.

O tenente Marcos Paluch conta que o esforço da Companhia está voltado para atender a todas as denúncias recebidas através do telefone da Força Verde: 0800-643 0304.

Uma das maiores demandas da Companhia é a pesca predatória praticada durante a Piracema - período de reprodução dos peixes - que acontece entre os meses de outubro a fevereiro. No ano de 2009/2010 a Força Verde registrou 107 ocorrências de pesca ilegal no rio Iguaçu e rios com afluência direta ao reservatório de Itaipu.

“Durante este período também fica proibida a captura, transporte e armazenamento de espécies nativas, inclusive para fins ornamentais e a utilização de qualquer animal como isca, incluindo peixes e pesca subaquática”, explica o presidente do IAP, Volnei Bisognin. Ele faz um alerta para turistas que, para fugir da legislação brasileira, praticam a pesca no Paraguai e Argentina. “O produto da pesca oriundo de locais com o período de defeso diferenciado, ou de outros países, deverá estar acompanhado de comprovante de origem, sob pena de apreensão do pescado e dos equipamentos utilizados na pesca”, finaliza Volnei.

(Secretaria de Estadodo Meio Ambiente)
Fonte: H2foz

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Boletim ICMBio em Foco nº 122‏

Primavera se revela na natureza de Foz do Iguaçu

Nessa época do ano, as cachoeiras que formam o espetáculo das Cataratas do Iguaçu ganham um reforço colorido e bastante agitado: quase 300 espécies de borboletas foram catalogadas na região.





Em Foz do Iguaçu, no Paraná, o repórter cinematográfico Zito Terres registrou lindas imagens desta época do ano.

Terminou o período de inquietude do inverno e o sol trazido pela primavera é um estímulo à reprodução de muitas espécies. Os guaxos estão fazendo a maior algazarra. A agitação é em torno dos ninhos bem diferentes em formato de bolsas.

A fêmea leva quase 20 dias para fazer um ninho. E depois ainda tem que se preocupar com a alimentação dos filhotes. Para despistar os predadores, os guaxos fazem condomínio de ninhos e deixam alguns vazios. Ao macho cabe o papel de avisar quando alguma ameaça se aproxima.

Muitos desses pássaros escolhem como refúgio a árvores dos canteiros de avenidas bastante movimentadas. Nessa época do ano, as cachoeiras que formam o espetáculo das Cataratas do Iguaçu ganham um reforço colorido e bastante agitado. Milhares de borboletas despertam com a chegada da primavera.

Com tantas flores e com uma paisagem belíssima para ser visitada, foi difícil suportar o confinamento do casulo. Além disso, a mata do Parque Nacional do Iguaçu é um banquete para as borboletas.

Nessa região quase 300 espécies de borboletas foram catalogadas. Uma variedade que encanta os visitantes. A fartura de cores, de formas e tamanhos é parte da história das Cataratas do Iguaçu.


Fonte: Bom Dia Brasil - Edição do dia 15/11/2010

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu bate recorde de visitas no feriado

Visitação no domingo é a maior da história em um único dia

O Parque Nacional do Iguaçu bateu recorde de visitas em um único dia. A unidade de conservação recebeu 14.326 visitantes no domingo - véspera do feriado da Proclamação da República. A marca superou o movimento de 1º de novembro de 2009, quando o atrativo registrou 12.513 turistas.

Nos três dias do feriadão, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) contabilizou o ingresso de 25.683 visitantes. A maioria formada de brasileiros, seguidos por argentinos, paraguaios e uruguaios. No sábado foram registrados 6.963; e na segunda-feira, 4.394.

Alguns motivos contribuíram para esta procura. Entre eles, o fato de ser o último feriado antes do Natal e réveillon e o aquecimento da economia, já que muitos brasileiros receberam a primeira parcela do 13º salário. Sem contar que o tempo aberto e o Sol forte brindaram os visitantes com um passeio já no ritmo do verão.

Para Jorge Pegoraro, chefe do Parque Nacional do Iguaçu, o grande fluxo de pessoas é uma resposta ao trabalho de divulgação realizado pelo destino. “Fora a nossa propaganda, os brasileiros estão viajando mais. E o feriado da Proclamação da República se transforma num período muito bom para o parque”, avaliou.

O gerente-geral da concessionária Cataratas do Iguaçu S.A., Celso Florêncio, ressaltou que para atender à multidão a empresa fortaleceu as equipes de apoio, ônibus, guichês e tendas. “Ficamos surpresos com a procura. Mas estávamos preparados. E aproveito para cumprimentar todos os funcionários que contribuíram para esta marca”, afirmou.

Satisfação - O casal de Joinville (SC) Anderson e Joice Krischanski narrou a surpresa que encontrou ao se deparar com as grandes quedas das Cataratas do Iguaçu. “É algo indescritível, é uma obra-prima. Temos a sensação de estar num lugar muito confortante, renovador e extremamente positivo”, destacou a professora Joice.

Já Fernando Gonçalves, que veio ao atrativo com a esposa Cristina e a filha Daiane, não perdeu um momento sequer para filmar e fotografar os melhores instantes durante o passeio. “Há anos sonhávamos com esta viagem. Hoje estamos satisfeitos por visitar está obra de Deus”, ressaltou Fernando, de Presidente Prudente (SP).

Para Luceli e Odirlei Siqueira, passear no Parque Nacional do Iguaçu é uma forma de fugir do cansaço do dia a dia e recarregar as baterias. “Aqui estamos esquecendo um pouco do mundo. Parece que a água levou a preocupação e o estresse”, comentou Odirlei, morador da cidade de Piên, Sudeste do Paraná.

Conforme Renato Rodrigues, o encontro com as Cataratas durante o feriado prolongado da Proclamação da República foi o quarto na história da família. “Cada vez que voltamos aqui vemos as Cataratas ainda mais bonitas. Esta foi a mais linda de todas. Percebemos que a estrutura de atendimento melhorou muito”, descreveu.

Recordes históricos de visitas em um único dia
14.326 - 14 de novembro de 2010
12.513 - 1º de novembro de 2009
12.388 - 11 de outubro de 2009
10.901 - 14 de novembro de 2004

(Assessoria Cataratas do Iguaçu S.A)

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu deve receber 20 mil no último feriadão do ano

No domingo, véspera do feriado, o parque abrirá uma hora mais cedo

O Parque Nacional do Iguaçu tem previsão de receber 20 mil visitantes no feriado prolongado de Proclamação da República, último antes das festas de Natal e réveillon. A expectativa leva em conta o aumento da procura do atrativo pelos brasileiros. E para alegria deles, as Cataratas do Iguaçu estão com vazão normal, de 1.500 metros cúbicos de água por segundo, com perspectiva de aumentar nos próximos dias.

Para atender o público, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Concessionária Cataratas do Iguaçu S.A. organizam uma recepção com reforço de monitores e funcionários nas bilheterias, aumento na frota de ônibus e ampliação do horário de visitas. A ação tem o objetivo de garantir aos turistas mais tempo para curtirem o passeio na unidade de conservação.

O dia de maior fluxo de pessoas deve ser o domingo, 14, quando o Parque Nacional do Iguaçu abrirá às 8 horas — uma hora mais cedo em relação ao horário normal. O atendimento das bilheterias será das 8h às 17 horas; do estacionamento, das 7h30 às 19 horas; e o retorno do último ônibus, saindo de Porto Canoas, com previsão para as 18h30.

Serviço:
Atendimento no Parque Nacional do Iguaçu
13 de novembro (sábado): 9h às 17 horas
14 de novembro (domingo): 8h às 17 horas
15 de novembro (segunda-feira): 9h às 17 horas

Mais informações
(45) 3521-4400
www.cataratasdoiguacu.com.br

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu recebe 20 mil no feriadão de Finados

O tempo bom e a cheia das Cataratas do Iguaçu animaram os visitantes que apostaram no Parque Nacional do Iguaçu para passar o feriado prolongado de Finados, de 30 de outubro a 2 de novembro. Ao todo, o atrativo recebeu 20.248 turistas. O domingo foi o dia de maior movimento, com 9.017 pessoas circulando pelas trilhas, passarelas e mirantes.

Conforme o controle do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), as bilheterias registraram no sábado a entrada de 3.695 turistas; no domingo, 9.017; na segunda-feira, 3.336; na terça-feira, 4200 — totalizando 20.248 pessoas nos quatro dias.

Para a peruana Liliana Velez, conhecer as Cataratas foi fantástico. “Tive a oportunidade de sentir primeiro o lado argentino. Sinceramente, experimentei uma emoção maior aqui do lado brasileiro. Tem mais água, mais vibração e está muito bem organizado. É uma lembrança que levarei para toda a minha vida”, destacou a técnica dentária.

Já os moradores de Lauro Müller, Oeste de Santa Catarina, Wanderley e Simaire Fontanella realizaram um sonho antigo, que era se molhar, sentir a brisa das quedas e ver de perto as formações rochosas. “Há tempos esperávamos este passeio. Víamos pela televisão e imaginávamos que era menor a quantidade de cânions”, contou Simaire.

Isabel Schessler e os colegas de Buenos Aires, capital argentina, consideraram “o momento notável, sem dúvida um dos melhores investimentos que já fizemos em assunto de viagens e passeios. Iremos voltar mais vez e com mais amigos e parentes para viver o que estamos sentindo”, relatou Isabel.

Os noivos argentinos Omar Enitez e Laura Paez aproveitaram o sugestivo clima de contemplação para reafirmar o relacionamento. “Queremos curtir o máximo que pudermos deste lugar maravilhoso. É muito impactante, uma emoção indescritível. Valeu a pena nosso planejamento de seis meses para fazer esta viagem”, destacou Omar.

Durante os quatro dias, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Concessionária Cataratas do Iguaçu S/A fizeram um atendimento diferenciado com reforço de funcionários, monitores, ônibus extras e guichês adicionais para a venda de ingressos. Para o feriado da Proclamação da República, no dia 15 de novembro, o atrativo planeja uma estrutura ainda maior.

(Assessoria Cataratas do Iguaçu S.A)

Parque Nacional do Iguaçu recebe 124 mil visitantes em outubro

O Parque Nacional do Iguaçu registrou em outubro a entrada de 124.187 visitantes. O grande movimento no domingo (31) devido ao feriado de Finados, ajudou a impulsionar uma alta de 11% na comparação com outubro do ano passado. Nesse dia o Parque recebeu 9.017 visitantes.

Os brasileiros são os maiores visitantes do Parque com 63.300 ingressos, sendo desse total 3.360 vindos do Passe Comunidade, benefício que dá 90% de desconto na compra das entradas para moradores de 14 municípios do entorno da Unidade de Conservação federal.

Já os visitantes dos países integrantes do Mercosul: Argentina, Paraguai e Uruguai, exceto o Brasil, a soma foi de 32.977 entradas. Outros estrangeiros somam 27.910 ingressos.No acumulado de janeiro a outubro o Parque já recebeu 1.014.360 turistas. A alta no período foi de 21%.

A projeção dos números indica que poderá ser estabelecido até o fim do ano um novo recorde de visitação, conseguido em 2005, com 1,84 milhão de visitantes.

(Parque Nacional do Iguaçu)

Boletim ICMBio em Foco n.º 120‏

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu já recebeu um milhão de visitantes

O Parque Nacional do Iguaçu recebeu na sexta-feira, (29) o seu milionésimo visitante. Faltando praticamente dois meses para o fim do ano o atrativo espera receber cerca de 1 milhão e 200 mil turistas e estabelecer um novo recorde de visitas anuais.

Esse é o quarto ano seguido que o Parque, cuja principal atração principal são as Cataratas do Iguaçu, chega a um milhão de visitantes. Mas o recorde absoluto foi em 2005 com a entrada de 1.084.239 turistas. Os números completos sobre a visitação do período devem ser anunciados pela adminsitração do Parque no próximo domingo (31) com o fechamento do mês de outubro.

Diferente dos outros anos, a chegada do milionésimo visitante não teve comemoração. A tradição iniciada em 2005 continuou até o ano passado, com a recepção especial da técnica administrativa Cecília Fressato, de Curitiba, que passou pela bilheteria no dia 21 de dezembro.
Fonte: H2foz

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Vai curtir as Cataratas neste domingo? Fique atento ao horário




Devido ao segundo turno das eleições presidenciais, no domingo, 31, o Parque Nacional do Iguaçu abrirá às 10h e fechará às 18 horas. A medida visa garantir o direito ao voto em especial aos funcionários da concessionária. Nos demais dias do feriadão do Dia de Finados, de 30 de outubro a 2 de novembro, a unidade volta ao seu horário normal, que é das 9h às 17 horas.

Durante os quatro dias, o Parque Nacional do Iguaçu espera receber cerca de 30 mil turistas. A expectativa é baseada em pesquisas e na crescente procura dos turistas pelo atrativo em feriados combinados com fim de semana.

Para atender a essa demanda, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Concessionária Cataratas do Iguaçu S/A organizam para o feriado um atendimento diferenciado e preveem reforço de funcionários, monitores, ônibus extras para o transporte dos turistas e guichês adicionais para a venda de ingressos.

SERVIÇO:
Horário de funcionamento do Parque Nacional do Iguaçu
30 de outubro (sábado): 9h às 17 horas
31 de outubro (domingo): 10h às 18 horas
1º de novembro (segunda-feira): 9h às 17 horas
2 de novembro (terça-feira): 9h às 17 horas


(Assessoria Cataratas do Iguaçu S.A)
Foto: Adilson Borges

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Coral Carmina‏

Link da matéria veículada pela RPC sobre a apresentação do coral Carmina Mundi no Parque Nacional do Iguaçu:



http://www.rpctv.com.br/parana-tv/2010/10/coral-se-apresenta-nas-cataratas/

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Reunião Ordinária do Comtur será na quarta-feira, 27





Os membros do Comtur – Conselho Municipal de Turismo se reúnem na próxima quarta-feira, 27, para a Sétima Reunião Ordinária. O atual presidente do Comutr é o gerente do Complexo Turístico Itaipu, Jaime Nascimento, tendo como vice o empresário Paulo Angeli.

Na pauta da reunião estão a apresentação das ações da Polícia Turística de Ciudad del Este (PY), o planejamento e orçamento da Secretaria Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu, a campanha Natal das Cataratas, entre outros assuntos.
A reunião será na sede do Comtur, no Edificio Pedro Basso, no centro e inicia às 16h30.

Sobre o Comtur - O Comtur tem caráter consultivo, normativo e deliberativo e atua em conjunto com entidades e instituições que integram os fatores socioeconômicos relacionados ao turismo. O órgão foi criado através da Lei 2.442 de 24 de setembro de 2001. O conselho é composto por 28 entidades representando diversos segmentos do turismo iguaçuense entre entidades governamentais e privadas.

A principal meta do Comtur é a conjunção entre o poder público e a sociedade civil. Desde que foi criado, o órgão desenvolveu uma série de atividades relacionadas à retomada do crescimento do setor no destino.

(www.h2foz.com.br)

Programa Expedições de Paula Saldanha aborda o Parque

No extremo oeste do Paraná, perto da foz do rio Iguaçu, se revela um dos maiores espetáculos da terra: as Cataratas do Iguaçu. Composto por mais de 270 saltos e quedas d’água de 65 metros de altura, em média, o conjunto das cataratas se estende por quase 3 km de extensão, compondo um cenário único em toda a natureza.

Para proteger as Cataratas, bem como a exuberante floresta tropical que a cerca, foi criado, em 1939, o Parque Nacional do Iguaçu, um dos mais antigos parques nacionais, além de um Patrimônio Natural da Humanidade reconhecido pela Unesco. Em sua área, a força das águas e a da natureza se combinam de forma única com a riqueza de fauna e de flora, formando uma paisagem incomparável.

Para conhecer as riquezas do Parque Nacional do Iguaçu, o programa Expedições nos revela todos os ângulos desse grande monumento natural, que são as Cataratas do Iguaçu, assim como a rica diversidade biológica de seu entorno florestal, onde espécies hoje raras, como a onça-pintada, ainda encontram abrigo.

Junto à maior catarata do mundo em volume de água, ou no rastro do maior felino das Américas, este EXPEDIÇÕES vai em busca de um dos tesouros mais bem guardados do nosso planeta, o ecossistema único das Cataratas e suas florestas.


Exibição: 02/11/2010, às 19h30
Reapresentação: 06/11/2010, às 16h.
PRODUÇÃO: RW Cine
www.expedicoes.tv
www.twitter.com/expedicoestv
(Assessoria)
Fonte: H2foz

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Ministro lança edital para recuperar BR-469 no Parque Nacional do Iguaçu

As obras previstas no edital envolverão reparos e remendos profundo na via

por: Assessorias DNIT e PNI





O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo assinou o Edital de Licitação do DNIT, que prevê a recuperação de 12 quilômetros da BR 469 – no interior do Parque Nacional do Iguaçu, uma antiga reivindicação do trade turístico de Foz do Iguaçu. A via dá acesso às Cataratas do Iguaçu, local visitado anualmente por mais de 1 milhão de turistas.

A solenidade aconteceu na quinta-feira (21) e Espaço Porto Canoas e contou também com a presença do Prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo Mac Donald, do deputado federal, Fernando Giacobo (PR), do Superintendente Regional do DNIT PR, José da Silva Tiago, do chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro e do superintendente de Comunicação da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla, entre outras lideranças da região de Foz do Iguaçu.

“Foi o nosso presidente Lula que pediu uma atenção especial para esta obra e quando contatamos o DNIT soubemos que já estavam trabalhando no projeto, com essa e outras obras, acredito que Foz do Iguaçu está recebendo os investimentos que merece”, disse o ministro Paulo Bernardo. Ele destacou a posição do município para todo país e a importância crescente do Parque Nacional do Iguaçu com eventos como a Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas 2016.

Já o chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro, ressaltou a importância da obra: “estamos batendo recordes de visitações no Parque e para a qualidade dessas visitações um asfalto novo vai fazer a diferença”, lembrando que a rodovia não passava por uma recuperação há mais de 40 anos.

Para o Superintendente do DNIT PR, José da Silva Tiago, foi fundamental a rapidez do órgão agilizando o processo que culminou no edital: “Por determinação expressa do presidente Lula, destacamos nossos técnicos para o trabalho e em 50 dias fizemos o projeto para esse edital”.

As obras previstas no edital envolverão reparos e remendos profundos, recuperação localizada com regularização do pavimento com camada fina de 2 centímetros e recapeamento com CBUQ (Concreto de Basalto Usinado Quente) de 4,5 centímetros, além da sinalização viária horizontal e vertical.


Fonte: Clickfoz

Boletim ICMBio em Foco n.º 119‏

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Boletin O Carnívoro (Vol I)‏

Parque Nacional do Iguaçu abrirá mais tarde no dia das eleições

Devido ao segundo turno das eleições presidenciais, no domingo, 31, o Parque Nacional do Iguaçu abrirá às 10h e fechará às 18 horas. A medida visa garantir o direito ao voto em especial aos funcionários da concessionária. Nos demais dias do feriadão do Dia de Finados, de 30 de outubro a 2 de novembro, a unidade volta ao seu horário normal, que é das 9h às 17 horas.

Durante os quatro dias, o Parque Nacional do Iguaçu espera receber cerca de 30 mil turistas. A expectativa é baseada em pesquisas e na crescente procura dos turistas pelo atrativo em feriados combinados com fim de semana.

Para atender a essa demanda, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Concessionária Cataratas do Iguaçu S/A organizam para o feriado um atendimento diferenciado e preveem reforço de funcionários, monitores, ônibus extras para o transporte dos turistas e guichês adicionais para a venda de ingressos.

SERVIÇO:
Horário de funcionamento do Parque Nacional do Iguaçu
30 de outubro (sábado): 9h às 17 horas
31 de outubro (domingo): 10h às 18 horas
1º de novembro (segunda-feira): 9h às 17 horas
2 de novembro (terça-feira): 9h às 17 horas

DNIT lança edital para restaurar rodovia no Parque Nacional do Iguaçu



Trecho de 12 km da rodovia BR 469 no Parque receberá recape asfáltico e sinalização viária



O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) lança nesta quinta-feira (21) o Edital de Licitação para as obras de Restauração com Melhoramentos da rodovia BR-469, mais conhecida por Rodovia das Cataratas. O evento acontece às 15h30 dentro do Parque Nacional do Iguaçu onde fica o trecho a ser restaurado e deverá contar com a participação do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, do Superintendente Regional do DNIT do Paraná, José da Silva Tiago, do deputado federal, Fernando Giacobo, entre outras lideranças de Foz do Iguaçu e região.



A nova licitação para a Rodovia das Cataratas ocorre pouco mais de um mês após a emissão da Ordem de Serviço para a restauração da BR-469 entre o trevo de acesso à Ponte Tancredo Neves e o portal de acesso ao Parque Nacional. “Com estas duas obras, o DNIT reafirma seu compromisso com a região de Foz do Iguaçu, garantindo mais segurança na rodovia que também um dos cartões postais do país”, diz o Superintendente do DNIT PR, José da Silva Tiago.



O trecho a ser restaurado possui 12 quilômetros de extensão e é utilizado por veículos de turismo que levam os visitantes até as Cataratas do Iguaçu. O Parque recebe cerca de 1 milhão de visitantes por ano, vindos de todos os lugares do Brasil e do mundo. A obra é orçada em R$ 5,5 milhões e tem previsão de início para janeiro de 2011.



Serviço

Edital de Licitação para as obras de Restauração com Melhoramentos da rodovia BR-469

Data: Quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Local: Espaço Porto Canoas – Parque Nacional do Iguaçu

Horário: 15h30



Informações para imprensa:

Marco Bianchi/DNIT: (41) 9957-7372
Adilson Borges/ICMBio (45) 3521-8396

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Coro Carmina Mundi se apresenta no Parque Nacional do Iguaçu

O Coro Carmina Mundi se apresenta nesta segunda-feira, 18, no Espaço Porto Canoas no Parque Nacional do Iguaçu. Além de Foz do Iguaçu, o grupo se apresenta em Curitiba e Rio de Janeiro.


O coro é originário de Aachen, cidade do Oeste da Alemanha e foi criado pelo regente Harald Nickoll, em 1983. Composto por cerca de 40 pessoas, seu repertório abrange música coral sacra e secular de diferentes países, culturas e épocas. O foco principal do coro são trabalhos ‘a capella’, especialmente de compositores contemporâneos.

O Carmina Mundi foi o ganhador do Concurso Federal Alemão em 2006, e sua extraordinária apresentação de uma canção folclórica alemã deu ao grupo um prêmio especial neste concurso. Suas turnês e apresentações em festivais internacionais levaram o grupo à Argentina, Albânia, Áustria, Bélgica, Holanda, França e Estônia. Até o momento, Carmina Mundi gravou 10 CDs internacionalmente reconhecidos e tem feito aparições em TV e Radio.

Serviço
Apresentação Coro Carmina Mundi
Local – Espaço Porto Canoas – Parque Nacional do Iguaçu
Data: 18/10 – segunda-feira
Horário: 19h
Mais informações pelo telefone: (45) 3521-8365


Por: Assessoria

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu recebe 29 mil no feriado de Nossa Senhora


Os turistas aproveitaram o feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida para visitar o Parque Nacional do Iguaçu, que recebeu de sábado a terça-feira (de 9 a 12) 29.012 mil visitantes. O dia de maior movimento foi o domingo com 12.400 pessoas, batendo o recorde de visitas em um único dia, deste ano. Em sua maioria, o público foi de brasileiros, paraguaios e argentinos.

Para o diretor do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro, o resultado foi extramente positivo. “A procura pelo nosso atrativo está crescendo. Aumentamos o número de brasileiros. Isso é muito bom. Vamos continuar crescendo. Para o próximo feriado temos uma expectativa interessante de turistas brasileiros”, ressaltou Pegoraro.

Conforme Celso Florêncio, gerente-geral da concessionária Cataratas do Iguaçu S.A, a visitação superou as expectativas. “Podemos destacar que domingo foi o ponto alto. Em todo o feriadão, milhares de turistas passaram pelas Cataratas do Iguaçu, e nossa satisfação foi ver a alegria destas pessoas que se emocionaram com o lugar”, frisou Florêncio.

Emoção - O clima agradável e o reforço na organização do atrativo deram a oportunidade a milhares de visitantes conhecerem, reviverem e se encantarem com o cartão postal. Para os argentinos Walter e Ana Lattore, o passeio foi inesquecível. “Ficamos sem palavras. Isto é maravilhoso. Muito lindo”, destacou a laboratorista.

E pela nona vez, a família Lupe, veio de Guarapari, no Espírito Santo, exclusivamente para reviver a natureza nas Cataratas do Iguaçu. “Nós adoramos vir para este lugar. É um dos poucos lugares que conheço que ainda se mantêm conservado e possui uma boa organização”, ressaltou Lanny Lupe.

Os cariocas Roberto e Adelisia Bertolotto há mais de 40 anos planejavam conhecer o Parque Nacional do Iguaçu e somente neste feriado conseguiram a proeza. Para o comerciante “pessoalmente as Cataratas são muito mais bonitas. Fiquei com pena do meu irmão que não pode vir conosco”.

Por: Assessoria

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Parque Nacional deve receber 25 mil no feriado de Nossa Senhora

O Parque Nacional do Iguaçu prepara uma operação especial para atender os turistas no feriado de 12 de outubro, Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. De 9 a 12 de outubro o atrativo deve receber 25 mil turistas. A expectativa é baseada nos dados estatísticos e num aumento de demanda dos países vizinhos, como Argentina e Paraguai, que também comemoram a data.

Para agilizar o atendimento aos visitantes, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a concessionária Cataratas do Iguaçu S.A. preparam uma recepção com reforço de monitores e funcionários nas bilheterias, aumento na frota de ônibus e ampliação do horário de visitas. A medida visa garantir aos turistas mais tempo para desfrutarem o passeio na unidade de conservação.

O dia de maior movimentação deve ser o domingo, 10, quando o Parque Nacional do Iguaçu abrirá às 8 horas — uma hora mais cedo em relação ao horário normal. O atendimento das bilheterias será das 8h às 17 horas; do estacionamento, das 7h30 às 20 horas; e o retorno do último ônibus, saindo de Porto Canoas, com previsão para as 19h30.

(Cataratas do Iguaçu S.A)


Serviço:
Atendimento no Parque Nacional do Iguaçu
Data: 9, 11 e 12 de outubro
Horário: 9h às 17 horas

Domingo
Data: 10 de outubro
Horário: 8h às 17 horas

Mais informações
(45) 3521-4400
www.cataratasdoiguacu.com.br

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

sábado, 2 de outubro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu recebe 103 mil visitantes em setembro


O Parque Nacional do Iguaçu recebeu no mês de setembro um público de 103.511 visitantes, o maior para o período desde 1980, quando foi iniciada a contagem de visitantes. O aumento no movimento em relação a setembro do ano passado foi de 36,1%.


Com 52.553 visitas o público brasileiro corresponde a 50,8% do total de entradas. Outros países do Mercosul: Argentina (25.916), Paraguai (1.453) e Uruguai (2.579), somam 28,9%. Estrangeiros exceto dos países do Mercosul completam o quadro com 21.010 entradas 20,3% do total.


No acumulado de janeiro a setembro, já entraram 890.511 pessoas no Parque Nacional do Iguaçu, uma alta de 23,3% em comparação com o mesmo período de 2009.


O chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro, acredita num recorde de visitas para esse ano. Analisando as planilhas de 2009, ele mostra que o Parque pode chegar a um público de 1,2 milhão de visitantes. “Para isso acontecer basta repetirmos o desempenho dos últimos três meses de 2009, neste ano”, disse.


(Parque Nacional do Iguaçu)

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Entrega do Troféu Árvore da Vida

Entrega do Troféu Árvore da Vida ao Presidente do PNI, Jorge Pegoraro pela diretora de Planejamento da Febracos e diretora da revista 100 Fronteiras, Lilian Grellmann.






Fonte: http://www.revista100fronteiras.com.br/eventos/entrega-do-trofeu-arvore-da-vida-.html/1

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Corrida altera funcionamento do Parque Nacional do Iguaçu

Com a realização da Maratona Internacional de Foz do Iguaçu, no domingo, 26, o atrativo terá horário de atendimento especial aos visitantes. A mudança visa garantir mais comodidade e segurança aos atletas e turistas que pretendem passar o dia na unidade de conservação.

A entrada terá horários de funcionamento alternados. As bilheterias estarão abertas das 6 horas às 6h45. Entre 6h45 e 7h30, a venda de ingressos e o transporte no interior do parque serão interrompidos para liberar o acesso aos participantes da corrida de 11 quilômetros, que terá a largada na entrada da reserva.

Os serviços voltarão a funcionar temporariamente, das 7h30 às 8h15, e novamente serão paralisados para permitir a passagem dos atletas da Maratona Internacional de Foz do Iguaçu. Após as 10 horas, o atrativo normalizará os serviços de bilheteria, transporte e atendimento aos visitantes.

Horários especiais no dia da corrida
6h às 6h45: bilheterias abertas
6h45 às 7h30: bilheterias fechadas
7h30 às 8h15: bilheterias abertas
8h15 às 10h: bilheterias fechadas
10h às 17h: bilheterias abertas
Fonte: H2foz

ICMBio conclui fase de consulta sobre uso do Rio Iguaçu



O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio, concluiu a primeira parte da discussão do documento base do denominado “Plano de Uso do Rio Iguaçu no Município de Capanema (PR)”, para a regulamentação das atividades que possam ser implantadas no local, conforme previsto no Plano de Manejo da Unidade. O município faz divisa com o Parque Nacional do Iguaçu através do Rio Iguaçu e busca utilizar a área para o desenvolvimento turístico e de lazer.


Com a implantação do Roteiro Turístico Doce Iguassu criado com o apoio do Parque Nacional do Iguaçu em 2003, alguns proprietários de balneários, e pousadas à beira do rio, querem utilizar a área para banho ou passeios de barco. Pelo Decreto federal 86.676, de 1º de dezembro de 1981, os limites do Parque foram ampliados da metade do rio até a margem esquerda, ficando assim restrito o uso para qualquer prática a não ser a conservação do local.


Durante primeira quinzena de setembro uma equipe de servidores do Parque Nacional do Iguaçu promoveu a coleta de sugestões e debates entre os participantes sobre os possíveis usos do Rio Iguaçu, nas comunidades de Esmeralda, Cristo Rei, Santa Ana, Porto Lupion e sede de Capanema.


O documento base possui 40 propostas para uso do rio na área compreendida entre a Foz do Rio Gonçalves Dias até o Porto Lupion, definindo um zoneamento para uso de barco a motor, caíco e Jet-ski. Pela proposta as embarcações devem ser registradas pelo ICMBio e serão passíveis de penalidades pelo descumprimento dos acordos firmados. Já as sugestões apresentadas por moradores incluem o uso do Rio Iguaçu para dessedentação de animais, irrigação da lavoura, pesca de barranca, entre outros.


Num segundo momento haverá também uma reunião técnica com representantes de instituições públicas e privadas, para a avaliação das propostas apresentadas nas oficinas participativas. Após isso será feita mais uma reunião agora envolvendo o poder público e os quatro representantes de cada comunidade. Dessa reunião sairá a minuta que seguirá para a sede do ICMBio, em Brasília (DF) para análise, pareceres jurídicos e a adoção dos procedimentos necessários para legitimar a aplicação do documento.


(Ascom - Parque Nacional do Iguaçu)

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Presidente Lula no Parque Nacional do Iguaçu

O Presidente Lula, com o Chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro e a Diretora de Administração, Planejamento e Logística do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, Silvana Canuto, em encontro no PNI, onde esteve hospedado no Hotel das Cataratas.

Fotos: Ricardo Stuckert






quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu recebe 24 mil turistas no feriado


Somente no domingo 11 mil pessoas visitaram o atrativo

Turistas das mais diferentes localidades aproveitaram o feriadão da Independência para curtir o Parque Nacional do Iguaçu, em especial as Cataratas do Iguaçu. De sábado a terça-feira 24.623 pessoas passaram pelo atrativo, superando a expectativa, que era de 20 mil visitantes para os quatro dias.

O domingo foi o campeão de visitas, 11.252 turistas, conforme controle realizado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). No sábado foram 3.892 visitas, na segunda-feira 4.738 e na terça-feira 4.741 turistas.

Para o chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro, o movimento “é uma resposta ao trabalho que está sendo realizado pelos órgãos públicos e empresas privadas. Está aumentando o número de visitantes que vem de carro do Sul. E vamos continuar trabalhando para aumentar ainda mais este e outros segmentos”, destacou Pegoraro.

Segundo Celso Florêncio, gerente geral da concessionária Cataratas do Iguaçu S.A, o resultado do feriadão foi extremamente positivo. “Tudo correu dentro do planejado. Nossa estrutura estava preparada e demonstrou a nossa capacidade de atender cada vez mais os visitantes no Parque Nacional do Iguaçu”, informou.

Turistas - Estimulada pela grandiosidade e o grande apelo das Cataratas do Iguaçu no país e no mundo, a família Tambara não pensou duas vezes. Aproveitou o feriadão e colocou o pé na estrada. Os gaúchos vieram de Ijuí exclusivamente para relaxar e reviver a atração.

O bancário Antonio Tambara falou do sentimento de reencontrar as quedas. “Retornar a este lugar é maravilhoso. É sempre uma nova emoção. Muita coisa mudou. A infraestrutura está bem diferente, gostamos muito do transporte. Espero que continue assim, investindo e melhorando ainda mais o que já tem”, comentou Antonio.

Para o japonês Hidenari Kitagawa, valeu à pena atravessar o mundo para conhecer o atrativo. “Estou achando tudo muito grande. Fantástico. Muita água. Muita gente. Acredito que é um dos lugares mais bonitos que já visitei em toda a minha vida”, refletiu Kitagawa, que mora na cidade de Nishinomiya, província de Hyogo, Japão.

Para Jose Roberto Gai, é difícil explicar o cenário. “Já vi muita cachoeira, nada igual a este turbilhão de águas e quedas, nunca” comentou o autônomo, que curtiu o atrativo com a esposa Gislaine e a filha Nicoli. Já Ester e Jesus Montes ficaram deslumbrados com a paisagem. “Muito precioso. Magnífico. Estamos encantados”, revelou Jesus.

Histórico de visitas no Feriado da Independência
2010 4 a 7 de setembro 24.623 turistas
2009 5 a 7 de setembro 16.120 turistas
2008 6 a 8 de setembro 9.279 turistas
2007 7 a 9 de setembro 17.652 turistas

(Assessoria Cataratas do Iguaçu S.A)

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Parque Nacional do Iguaçu registra 87 mil visitantes em agosto

O Parque Nacional do Iguaçu fechou o mês de agosto com 87.592 visitantes, indicam as estatísticas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). O movimento de turistas teve alta de 52,3% na comparação com agosto do ano passado.

Desse total 36.281 são visitantes brasileiros, sendo 2.673 do Passe Comunidade, benefício que dá desconto de 90% no ingresso aos visitantes de 14 municípios do entorno do Parque Nacional do Iguaçu. O público argentino foi de 25.990. Do Paraguai vieram 1.630 visitante e do Uruguai 811. Visitantes de outros países somam 25.321.

De janeiro a agosto desse ano já entraram no Parque Nacional do Iguaçu 786.617 visitantes. Os números são 21,5% superior na comparação com o mesmo período de 2009. As estatísticas indicam também que o movimento desse ano é o maior dos últimos cinco anos.

(Parque Nacional do Iguaçu)

17º Prêmio Expressão de Ecologia


Fotos: Edson Junkes

O diretor da SDS Lauro de Andrade entrega a premiação a Jorge Luiz Pegoraro, chefe do Parque Nacional do Iguaçu


Troféu Onda Verde



Este é o terceiro prêmio que o Parque Nacional do Iguaçu recebe da Revista Expressão de Ecologia, o primeiro foi para a Escola Parque em 2007, o segundo foi para o Programa AQUAIguaçu em 2008, e Turismo Sustentável no ano de 2009.

A premiação dos projetos vencedores de 2009, aconteceu em Florianópolis no Centro de Eventos Sistema Fiesc no dia 27 de Agosto de 2010.


Veja o Projeto do Parque Nacional do Iguaçu, vencedor do 17º Prêmio Expressão de Ecologia:





segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Brasil é tricampeão pan-americano de Rafting disputado em Foz do Iguaçu



Equipe Alaya Bozo D´Agua vence todas as provas da competição em Foz do Iguaçu e leva mais um troféu para sua extensa coleção de conquistas. Canadá fica com o título no feminino.

Aconteceu o que todos esperavam no Campeonato Pan-americano de Rafting 2010, quarta edição do evento realizado de 20 a 22 de agosto em Foz do Iguaçu. A equipe brasileira Alaya Bozo D´Agua A venceu todas as provas da competição (Sprint, Cabeça a Cabeça, Slalom e Descida) e garantiu o tricampeonato com autoridade. No feminino as disputas foram intensas e com o resultado deste domingo, na prova de Descida, nas Cataratas do Iguaçu, as canadenses do time Filles De La Rouge garantiram o título do pan-americano.

“Mais uma vez tivemos muita determinação e força para vencer, mesmo competindo contra fortes equipes. Na prova de hoje as equipes chilena e argentina também remaram muito. Agora, depois deste título, vamos nos concentrar para o Pré-Mundial que acontece na Costa Rica, em outubro”, destacou Lucas Paulino da Silva, membro da Alaya Bozo D´Agua, atuais bicampeões mundiais de Rafting.

Na última prova do evento, Descida, realizada hoje nas proximidades das Cataratas do Iguaçu, a Alaya Bozo D´Agua A venceu os cinco quilômetros com o tempo de 16:42.897. Em segundo ficou a equipe Alaya Bozo D´Agua B com 17:05.758, e em terceiro o time argentino Canon Del Atuel com 17:33.894.

Na classificação geral a Alaya Bozo D´Agua A ficou com o título com 1000 pontos, com a Alaya Bozo D´Agua B com o vice-campeonato pan-americano com 853 pontos, e a equipe Chile 1 em terceiro com 789 pontos.

No feminino as disputas foram muito mais acirradas, com o título sendo definido apenas na última prova. Na prova de Descida as canadenses da equipe Filles De La Rouge garantiram o primeiro lugar com o tempo de 18:20.268, seguida pelas costa-riquenhas do Club de Rafting Femenino em segundo (18:49.321), e as brasileiras da Brotas 40° em terceiro (19:01.545).

Com este resultado as canadenses garantiram o título pan-americano com 892 pontos. O vice-campeonato ficou com o Club de Rafting Femenino Costa Rica com 884 pontos e o terceiro lugar com as brasileiras da equipe Brotas 40° com 777 pontos.

Segundo a canoísta canadense Marilou Salette vencer a prova de hoje foi fundamental para a conquista, mesmo remando um rio com muitas ondas que exigiam muita técnica. “Este time está de parabéns, pois treinamos juntas há apenas quatro meses. Estamos felizes com o título e participar de um evento neste local maravilhoso”, disse sorridente.

Campeonato Mundial de Rafting R4 2014
Depois da realização do Campeonato Pan-americano a cidade de Foz do Iguaçu entrou definitivamente na rota internacional de grandes eventos esportivos. Segundo o presidente da Federação Internacional de Rafting (FIR), Rafael Gallo, o Brasil está de parabéns por realizar o evento num local maravilhoso com muito profissionalismo.

“Foi um dos campeonatos mais impressionantes que já vi tanto pela beleza das cataratas e do Canal Itaipu quanto pelo profissionalismo da equipe de organização. Certamente o Brasil tem minha confiança e terá meu voto para trazer o Campeonato Mundial de Rafting R4 em 2014. Estou muito satisfeito com tudo”, destacou Gallo.

Já o superintendente de comunicação da Itaipu Binacional, principal patrocinador do evento, Gilmar Piolla, reforçou as palavras do presidente da FIR e disse, “Asseguramos desde já o apoio da Itaipu para trazer o Mundial para a cidade de Foz do Iguaçu e certamente todos ficaremos muito gratos em receber esse grandioso evento”, enfatizou.

O Campeonato Pan-americano de Rafting 2010 teve patrocínio máster da Itaipu Binacional, com apoio do Macuco Safari, Parque Nacional do Iguaçu e Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu. A realização do evento foi da Confederação Brasileira de Canoagem com supervisão da Federação Internacional de Rafting.
Como são disputadas as provas de Rafting:
Um campeonato de rafting consiste em quatro provas somando 1000 pontos. No primeiro dia, acontecem duas as provas: Tiro ou Sprint valendo 100 pontos e Sprint Paralelo ou Head to Head valendo 200 pontos. No segundo dia é disputada a prova de Slalom valendo 300 pontos e no terceiro dia a prova de Descenso ou Down River valendo 400 pontos. O vencedor é aquele que acumula a maior quantidade de pontos na soma das quatro provas.

Confira todos os resultados completos no link abaixo:

Site Oficial do evento:www.cbca.org.br/rafting2010

(Assessoria)
Fonte: H2Foz

Rafting Cataratas por Marcos Labanca‏

sábado, 14 de agosto de 2010

O Brasil tem lugar para uma onça?


Por: Marcos Sá Corrêa



Cravejado de pontos luminosos, o mapa brilha na tela. Mas o que mais se nota diante do computador é a sombra de dúvidas cruciais, franzindo a jovem testa da bióloga Marina Silva. Da ex-ministra do Meio Ambiente e atual candidata à presidência da República, ela tem o nome, não as certezas inabaláveis. E, como chefe do projeto Carnívoros do Iguaçu, encara neste momento um exemplo concreto de que, na conservação da natureza, as grandes encrencas podem vir até de soluções que pareciam caídas do céu.


No mapa está gravado, como um chão de estrelas, o diário íntimo de Pança, o filhote de onça pintada que virou o assunto do ano no Parque Nacional do Iguaçu. Ele veio ao mundo com um irmão. São dois machos. Não poderia haver melhor cacife do que uma dupla como essa para apostar na perpetuação da espécia, numa região onde talvez não sobrem 25 onças pintadas, em dez mil quilômetros quadrados de retalhos florestais, que vão Paraná ao Rio Grande do Sul, passando pelo Paraguai e pela Argentina.


Pança foi seguido durante dois meses por satélite. Ganhou o rádio-colar em maio, ao ser flagrado comendo um bezerro. Deve o apelido à barriga estufada de carne fresca e fácil, predada nos rebanhos que indevidamente confinam com o parque. Dois meses depois, havia crescido tanto que, para não estrangulá-lo, o aparelho foi solto por controle remoto. Estava a exatamente 380 metros do local onde o instalaram. Pudera. Ali, o proprietário cria cabritos soltos no mato, para fingir que tem reserva florestal, sem abdicar ao uso de cada metro quadrado do terreno.


Pança pode estar errado. Mas na ilegalidade estão os donos de sítios, casas de veraneio e fazendas. Atraído pelas tentações da marginalidade geral, Pança ficou a maior parte do tempo zanzando fora do parque. Usava nessas idas e vindas as margens do rio Iguaçu, que têm mata ciliar, embora em vários trechos ela se resuma a um diáfano biombo de árvores. Nessas aventuras mundanas, ele beirou casas de campo e fundos de hotéis. Num deles, o Canzi, usou fartamene como latrina uma construção abandonada no mato. Esteve perto da Vila Carimã, bairro residencial densamente povoado. Correu o risco de subir o rio Tamanduá e bater diretamente na área urbana de Foz do Iguaçu.


Mesmo no interior do parque, ele circulou de preferência junto às áreas de visitação intensa. Tirou vários finos das residências de funcionários, flanou pela sede administrativa, cruzou insistentemente trilhas reservadas ao ecoturismo e tomou gosto pelo hotel das Cataratas – cujos arredores ostentam outra fulgurante constelação de pontos amarelos, assinalando sua presença. O hotel é de cinco estrelas. Mas Pança não refugou a boia dos operários que, trabalhando na reforma das instalações, jogam restos de comida na beira da floresta.


Pança atravessou duas vezes o rio para se internar nas matas do lado argentino. Mas sempre voltou depressa ao Brasil, talvez porque encontrou por lá um território ocupado por macho adulto. No Brasil, praticamente ignorou a área intangível do Iguaçu, onde em princípio deveria encontrar sua floresta cativa.


Com ele vai seu irmão. Os dois ainda não separaram e, onde aparecem, em geral vêm juntos. Dias atrás, foram ao Macuco Safari, cujo programa oferece aos passageiros sustos na forma de corridas no cânion em barcos infláveis, não de encontros com onças pitadas. Os guias trataram de expulsá-los dali com rojões. Fugiram. Mas, no domingo seguinte, estavam lá de volta, como se nada tivesse acontecido.


E, por falar em fim-de-semana, no passado a dupla atravessou o asfalto a uns 300 metros do portão e tomou a estrada de terra qur desce para o barranco do Iguaçu. Pelo rumo, ia visitar mais uma vez o rebanho de cabritos criados ao deus-dará.


Marina Silva tem, portanto, duas onças para devolver ao que restou de vida selvagem no Oeste do Paraná. Talvez, cercando o parque. Porque não dá para educar ao mesmo tempo duas onças e tanta gente mal acostumada a conviver com unidades de conservação.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Conselho do Parque discute uso do Rio Iguaçu e transgênicos


Membros do Conselho Consultivo do Parque Nacional do Iguaçu – CONPARNI, reuniram-se para a discussão de dois temas importantes a população do entorno da unidade: o uso do Rio Iguaçu e o plantio de organismos geneticamente modificados na região. O CONPARNI é presidido pelo chefe da unidade, Jorge Pegoraro.


A reunião aconteceu na quinta-feira, 5, durante a 16ª edição da Feira do Melado, em Capanema (PR) e contou com a presença dos prefeitos Milton Kafer (Capanema) e Ana Carlessi (Santa Terezinha de Itaipu), entre outros.


O primeiro assunto apresentado para apreciação aos conselheiros foi sobre o “Plano de Uso do Rio Iguaçu no Município de Capanema”, em especial nas propriedades integrantes do Roteiro Turístico Doce Iguassu. Alguns proprietários utilizam o rio como balneários ou para passeios de barcos. Pegoraro informou que através do Decreto federal 86.676, de 1º de dezembro de 1981, os limites do Parque foram ampliados da metade do rio até as margens, ficando assim restritos para tais usos.


Ele informou que a elaboração do Plano de Uso do Rio Iguaçu será realizada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio/PNI em conjunto com a comunidade local e outros atores. Num primeiro momento serão realizadas cinco oficinas participativas nas seguintes localidades: Esmeralda; Cristo Rei; Santa Ana; Santa Clara e sede de Capanema. Em cada oficina serão escolhidos por votação, dois representantes para participarem das reuniões finais.


Haverá também uma reunião técnica com representantes de instituições públicas e privadas, para a avaliação das propostas apresentadas nas oficinas participativas e redação do documento base a ser apreciado em reunião final.


TransgênicosA segunda parte da reunião foi a discussão sobre os pareceres da Primeira Câmara Técnica (CT) do CONPARNI. criada para discussão a respeito do plantio de organismo geneticamente modificado (transgênico) na Zona de Amortecimento do Parque Nacional do Iguaçu. A CT é presidida pelo vice do Conselho, o representante das cooperativas, Ansberto do Passo Neto.


O documento enviado pelo ICMBio, após pedido de consulta, estabelece normas específicas voltadas a regulamentar a ocupação e o uso dos recursos nas zonas de amortecimento das Unidades de Conservação federal, conforme o 1º parágrafo do Artigo 25, da Lei 9.985 de 18 de julho de 2000 (SNUC).


Com a criação de uma portaria do próprio ICMBio, pretende-se definir o limite de 800 metros da unidade para o plantio de cultivares de milhos geneticamente modificados, aprovados pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) que os consideram seguros tantos do ponto de vista ambiental quanto da segurança alimentar.


Após a reunião o grupo realizou uma visita técnica ao Rio Iguaçu onde conheceram a foz dos rios Floriano e Silva Jardim, afluentes que atravessam o Parque até desembocar no Iguaçu. A próxima reunião do Coparni acontece em novembro no município de Serranópolis do Iguaçu.



(Parque Nacional do Iguaçu)

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Parque Nacional do Iguaçu recebe 129 mil visitantes em julho


O Parque Nacional do Iguaçu registrou no mês de julho a entrada de 129.387 visitantes, obtendo um crescimento de 68,31% em relação ao mesmo período do ano passado. É o melhor mês de julho desde 1986 quando foram anotados 151.953 ingressos.

Desse total de visitas 62.666 foram brasileiros, sendo 2.575 do Passe Comunidade, benefício que dá desconto de 90% no ingresso aos visitantes de 14 municípios do entorno do Parque Nacional do Iguaçu. Em seguida vem os argentinos com 45.052 visitas. Em ambos os casos o aumento no número de turistas foi de quase 91%.

Julho é segundo mês no ano de maior de movimentação turística no Parque Nacional do Iguaçu e só perde para janeiro. Isso se deve as férias escolares de inverno tanto no Brasil como em outros países da América do Sul.

Recorde - No acumulado do ano (janeiro a julho) o Iguaçu já recebeu 699.025 visitantes, uma alta de 18,50% no período. Nesse período entraram 346.131 brasileiros e 352.900 estrangeiros.
O chefe da unidade, Jorge Pegoraro, acredita que o Parque possa estabelecer um novo recorde de visitação caso a performance de crescimento continue ou permaneça até o fim do ano, chegando na casa de 1,200 milhão. O recorde atual é de 2005 com a entrada de 1,84 milhão.

(Parque Nacional do Iguaçu)

terça-feira, 27 de julho de 2010

PF: turistas pagariam US$ 1,5 mil para caçar onças no Pantanal


O chefe do esquema seria um cirurgião dentista e professor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Foto: PolíciaFederal/Divulgação
Celso Bejarano
Direto de Campo Grande

As investigações da Polícia Federal sobre o esquema de caçadas ilegais de animais de grande porte no Pantanal, deflagrado na terça-feira no Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Paraná, apontaram que turistas pagavam US$ 1,5 mil por expedição de caça, os chamados safáris.

O chefe do esquema seria o cirurgião dentista e professor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Eliseu Augusto Sicoli, uma das oito pessoas presas em flagrante na terça-feira pela Polícia Federal durante a operação Jaguar, contra uma organização que caçava onças em fazendas do Pantanal nos três Estados.

O dentista, que mora em Cascavel (PR), foi preso em Sinop (MT) com cinco caçadores, sendo quatro argentinos e um paraguaio. Ainda na cidade mato-grossense, a PF prendeu um cabo da Polícia Militar. Dos sete mandados de prisão contra os integrantes do bando, a polícia cumpriu quatro até por volta das 17h45. No total, são 10 pessoas presas.

Quando detido, o dentista carregava consigo um arsenal de armas e teria dito aos policiais que ele tinha mais armas do que na delegacia daquela cidade.

A PF não soube estimar quantas onças teriam sido abatidas pela quadrilha nem o volume de dinheiro arrecadado, mas Sicoli, em depoimento aos investigadores, disse que, somente no ano passado, ele teria chefiado expedições que resultaram na matança de 28 felinos, entre eles onças pintadas e pardas.

Foragido Um dos foragidos é Tonho da Onça, um chacareiro que mora em Rondonópolis (MT) e é considerado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) um dos mais conhecidos caçadores de felinos do Brasil. Há alguns anos, informou a PF, ele trabalhava para fazendeiros que contratava para "espantar" os bichos dos rebanhos bovinos.

De dois anos para cá, Tonho, segundo a PF, teria se aliado a ONGs protetoras de animais e também colaborado com o programa Pró-Carnívoros, coordenado pelo Ibama. Mas, há cerca de um ano, os técnicos do órgão deram conta do sumiço de duas onças que monitoravam no Pantanal sul mato-grossense e depois descobriram que o caçador teria dado um fim nelas, o que deu início à Operação Jaguar.

Marco Antonio Moraes de Melo, filho de Tonho, foi preso como integrante da quadrilha. Um açougueiro e um chacareiro foram presos em Miranda (MS).

A PF informou ainda que os fazendeiros que permitiam o safári também serão indiciados por crime ambiental. Já os membros da quadrilha, devem ser indiciados também por porte de arma. Se somados, os crimes podem resultar em pena de sete anos de prisão.
Fonte:

Foz do Iguaçu: paraíso de águas de fazer inveja a estrangeiros

Além das tão famosas cataratas, Foz do Iguaçu é o destino certo para experiências de ecoturismo, observação de animais silvestres e esportes radicais

- Ligia Helena

Um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil, Foz do Iguaçu é um tesouro nada escondido, mas ainda pouco explorado pelos brasileiros. São mais de 270 quedas d'água, espalhadas por 225 mil hectares de Parque Nacional. Um cenário de cair o queixo, que proporciona, além de fotos belíssimas, experiências de ecoturismo, observação de animais silvestres e esportes radicais para todas as idades.
Já no vôo a caminho de Foz do Iguaçu, e posteriormente no pequeno aeroporto da cidade, percebe-se logo que o destino é querido pelos gringos (a cidade só perde para o Rio em número de visitantes estrangeiros). Pouco se escuta o idioma português. Italianos, suecos, americanos e franceses, entre outros, são recepcionados por um calor úmido, mesmo em junho. Dependendo do lado do avião que você escolher, já poderá ter uma bela vista aérea das cataratas ao pousar no aeroporto.

Passeio de helicóptero
Caso não tenha a sorte de escolher o lado certo do avião, uma opção é procurar o passeio de helicóptero que deixa as Cataratas aos seus pés. Em circuitos de 10 ou 35 minutos, você tem vista privilegiadas das quedas d'água. A aproximação é emocionante: no começo só é possível ver uma "fumaça" no meio da mata. Já bem perto das cataratas, percebe-se que a fumaça nada mais é do que as gotículas d'água que ficam suspensas no ar devido à força das quedas. Os preços da experiência vão desde R$ 180 (preço por pessoa, passeio de 10 minutos) até R$ 2700 (preço para o grupo de até 6 pessoas, passeio de 35 minutos).
Mas mesmo o simples passeio pelos mirantes do Parque Nacional do Iguaçu guarda surpresas emocionantes. Após deixar seu carro no estacionamento (R$ 12), ou saltar de seu ônibus na entrada do parque e pagar seu ingresso (R$ 22 o preço para brasileiros. Veja tabela completa de preços no final da página), você terá livre acesso aos ônibus turísticos que transitam dentro do parque.
A parada mais procurada fica em frente ao luxuoso Hotel das Cataratas, único hotel em funcionamento dentro do Parque. É onde fica a entrada para a trilha que leva aos mirantes. Segura e bem conservada, o passeio é agradável para pessoas de todas as idades, pois não exige muito preparo físico. Em uma rápida caminhada pelo meio da mata você pode ver as quedas d'água dos mais diversos ângulos. Além disso, pequenos animais como quatis e borboletas coloridas aparecem por todo o caminho.
No final da trilha, passarelas permitem que o turista chegue bem perto das majestosas quedas d'água, e talvez a capa de chuva, que é vendida dentro do Parque por R$ 5 seja um bom investimento para quem não quer se molhar muito durante o passeio. O barulho, a beleza e a força das águas impressionam.

Passeio por água e por terra
Para quem não tem medo de se molhar, e dispensou a capa de chuva no passeio do mirante, vale a pena se aventurar em um passeio de barco. No Macuco Safári, o divertido passeio começa com uma voltinha pela mata em carro elétrico aberto, com guias que dão informações sobre plantas e animais que podem ser observados no caminho. Na sequência, os mais bem dispostos podem fazer uma leve caminhada pela mata, acompanhados de um guia, enquanto quem não quiser andar pode seguir de carro até o pequeno cais. É do cais que partem os barcos motorizados, com capacidade para 25 pessoas cada.
Se no início o passeio parece pacato, ao se aproximar das cataratas o coração começa a bater mais rápido. O barco acelera, e quando você menos espera, está literalmente debaixo das quedas d'água, tomando um rápido banho de cataratas. É inevitável ficar com as roupas molhadas, por isso recomenda-se levar uma troca de roupa seca. É recomendável deixar os tênis e a câmera fotográfica no cais também (ou levar uma proteção impermeável). Os preços do passeio vão de R$ 91,50 (apenas o passeio pela selva) a R$ 183 (selva e barco).

Aventura em Foz
Para quem gosta de emoção e mas não quer sair do passeio encharcado, uma boa opção é o campo de desafios do Cânion Iguaçu. No espaço o visitante pode praticar arvorismo, escalada, rafting e rapel, acompanhado de instrutores especializados.
As atividades no Parque Nacional do Iguaçu demandam facilmente um dia inteiro de visitas. Planeje-se para chegar ao parque pela manhã, e assim não terá de correr de um ponto ao outro para ver tudo o que deseja. Dentro do parque há lanchonetes, restaurantes, lojas de presentes e banheiros, tudo bem sinalizado e fácil de achar. É sem dúvida um passeio que vale a pena ser feito.

Serviço


Helisul - passeios de helicóptero

Preço: de R$ 180 (preço por pessoa, passeio de 10 minutos) a R$ 2700 (grupo de até 6 pessoas, passeio de 35 minutos)(45) - 3529.7474

Parque Nacional do Iguaçu

Preço: Entrada integral -R$ 37 para adultos/ R$ 6 para crianças de 2 a 11 anos. Entrada para nascidos nos países do Mercosul (Argentina, Paraguai e Uruguai)-R$ 31 para adultos / R$ 6 para crianças de 2 a 11 anos. Entrada para Brasileiros - R$ 22 para adultos / R$ 6 para crianças / R$ 6 para idosos (a partir de 60 anos). Mais informações: cataratasdoiguacu.com.br.

Macuco Safári - passeio pela selva e de barco

Preço: de R$ 91,50 (apenas o passeio pela selva) a R$ 183 (selva e barco). Crianças de 0 a 6 anos não pagam - de 7 a 12 anos pagam metade do ingresso. Tel: (45) 523-6475 ou (45) 9963-3857

* A repórter viajou a convite da Itaipu Binacional


- Pacotes para Foz do Iguaçu

- Veja fotos de Foz do Iguaçu

Leia também:
Birdwatching: uma nova forma de curtir Foz do Iguaçu

Itaipu: aventuras dentro da maior usina hidrelétrica do mundo

Por: IG Turismo

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Turistas aproveitam passeio nas Cataratas mesmo com frio





Neblina deixou as quedas ainda mais bonitas.


Por: RPCTV Cataratas - Paraná TV 1ª edição em 20/07/2010

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Administração do Parque Nacional do Iguaçu se torna exemplo



Há 10 anos, o Parque que abriga as catatratas passou a ter diferente gestão e hoje apresenta lucro. Dos R$ 13 milhões arrecadados anualmente, 20% são investidos na conservação do local.

Por: Globo Comunidade em 11/07/2010

terça-feira, 13 de julho de 2010

Vídeo da Embratur para divulgação da COPA 2014‏




Vídeo da campanha encomendada pelo Ministério do Turismo à Embratur, produzido pelo cineasta Fernando Meirelles, para ampliar e atualizar as informações que o mundo tem do Brasil.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Parques nacionais estão abandonados

Preservação de patrimônios nacionais nos EUA é uma tradição desde o século XVIII.

A grande maioria dos parques nacionais brasileiros não tem estrutura de fiscalização e atendimento aos visitantes, já a preservação de patrimônios nacionais nos EUA é uma tradição. Mas o governo brasileiro quer mudar esta realidade e elegeu o Parque Nacional do Iguaçu como modelo.




Fonte:Globo News - Jornal das Dez - Edição 01/07/2010 - Publicado em 01/07/2010 - 23h46